O que acontece aos rapazes que nunca conseguem terminar uma relação

Em todo o meu curto historial de namoros, nunca fui eu a acabar um namoro. Sempre fui eu o “acabado”. Acho que tenho uma enorme dificuldade em terminar qualquer espécie de relação. Senão veja-se: ainda hoje sou cliente da Netc, tenho um telemóvel Telecel e a minha mãe me dá de mamar.

Há homens com problemas para se comprometer. Eu sou o oposto. Damos o primeiro beijo e “Yay, vamos ser felizes para sempre, o nosso filho vai se chamar Gandalf e vamos nos casar no Estádio da Luz. O nosso amor é tão forte, somos tal e qual o Derek e a Meredith da Anatomia de Grey!”

É provável que, subconscientemente, eu prefira passar o resto da minha vida infeliz, a ter que tomar a decisão de acabar com alguém.

Há cerca de 6 anos atrás QUASE acabei um namoro. Recordo-me de ir no carro, a caminho de casa dela, e pensar que havia 3 coisas que não podiam acontecer quando chegasse ao meu destino:

1)      Olhá-la nos olhos;

2)      Deixá-la falar;

3)      Dizer “É claro que te respeito, sua vaca!

Mas correu mal. Quando cheguei, ela abriu-me a porta e disse algo absolutamente mágico. Algo que me fez recuar imediatamente na decisão de acabar com ela. Ela disse “Olá, entra.

É como se ela soubesse sempre dizer as coisas certas, nos momentos certos!

Escusado será dizer que não acabei com ela. Duas semanas depois, já conseguem adivinhar o que aconteceu, certo? Encontrei uma nota de 500 escudos no bolso de umas calças. Estranho, não é? Especialmente porque o Euro já andava em circulação há imenso tempo!

Ah… e ela ACABOU COMIGO! Portanto, eu fui cobarde não terminando uma relação que já estava morta e tu castigas-me assim, ó cruel e injusto Universo?

Suspeito que a origem deste mal venha do desejo que tenho que toda a gente goste de mim. Eu não suporto a ideia de alguém não me achar, no mínimo, fofinho. No fundo, eu gostava de ser um vídeo de gatos bebés do YouTube.

Pelo menos esta é a teoria do meu psicólogo. Sendo honesto, não estou totalmente satisfeito com ele. Já comecei a procurar alternativas na Internet, mas a porcaria da Netc demora 1h a abrir as páginas. Temo que não tenha salvação.

Hugo Rosa é um humorista, pertencente ao grupo Saia Na Saída. Durante as próximas semanas, os 3 membros do grupo vão alternadamente postar crónicas humorísticas sobre as suas relações. Esperam-se gargalhadas, lágrimas e um aumento do consumo de barras de chocolate Milka… daquelas com a bolacha por dentro!

E que tal ganhares um bilhete duplo para o próximo espectáculo destes rapazes dos Saia na Saída no Sábado dia 15 de Março? Pois é muuuuito fácil :) Vê aqui como.

Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...