O passado voltou ao meu presente!

Um dia estava por ai a passear e apareces-te na minha vida, como por magia, foi das magia mais lindas que eu pode assistir, esses teus olhos castanhos, nos meus olhos castanhos fizeram-me: “Revivo a nossa história numa troca de olhares”.

Sim parece uma daquelas lindas histórias de amor, mas não, porque muitas das vezes nunca é como nós queremos, nunca temos a vida facilitada, digo que também ter alguém de mão beijada, não é bom, não ter de lutar e comentar com alguém “ sabes lutei imenso para ter aquele rapaz, mas sabes valeu a pena, tenho a certeza que cada segundo, minuto e horas valeu a pena”, por isso nunca queiram alguém de mão beijada, lutem sim pelo vosso amor, porque na vida nunca temos nada de mão beijada, temos de lutar pelos nossos sonhos e por aquilo que queremos.

Bem por vezes o que vemos não é a realidade, por vezes visualizamos fotos onde achamos que a pessoas de quem “ gostamos” está com outra, sem perguntas, sem certezas desistimos dessa pessoas e não procuramos  respostas a pergunta “ realmente ela tem namorado? Ela anda com aquele rapaz?”, como não procuramos resposta, ficamos no nada e decidimos seguir com a nossa vida a pensar que a pessoa que poderá ser a nossa alma gémea esta com outro, quando na verdade nada disto é verdade é apenas imaginação/ fotos com amigos.

Mas… de que vale estarmos com outra pessoa, se gostamos de outra? Não estaremos a enganar 3 pessoas? Não estaremos a nos enganar a nós mesmos, ao nosso coração, sempre de pequenina ouvi muitas vezes “ ouve o teu coração”. Se quando vemos a nossa alma gémea ilumina-mos, crescemos centímetros e depois olhamos para o lado estamos com a nossa namorada/o, onde não podemos dar na vistas porque o sentimento esta confuso, a nossa cabeça diz algo e o nosso coração bate a mil, e não estamos com a nossa alma gémea por incertezas, por dúvidas que nunca foram retiradas por vergonha, por medo da respostas.

PORCarolina Vieira
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...