O meu passado, quer impedir o meu futuro!


A vida é feita de escolhas entre a estrada da direita ou a da esquerda, entre seguir em frente ou voltar atrás. De oportunidades ou desejos/ sonhos, onde uns lutam pelo que querem e outros apenas desistem a meio do caminho porque acham que as pedras que nós atiraram são um sinal para voltar-mos para atrás ou simplesmente mudar de direcção, mas acredito que as pedras que nós atiram são meros obstáculos para nos tornar-mos mais fortes e seguros de nós próprios.

Queria que a vida nos desse uma oportunidade à uns anos atrás, mas provavelmente não foi a altura certa, pois passamos de amigos a nada, não havia aquela necessidade de te sentir e ouvir um olá teu todos os dias.

Passamos tantos anos, a nos ver algumas vezes ao ano, mas a nossa conversa não passava de um olá, de um tudo bem? , conversas cordeais nessa altura  não conseguia  olhar para ti quanto mais uma troca de olhares, não suportava a tua presença, onde qualquer movimento que realizasses era insuportável, era detestável. Tudo em ti , era defeitos e o rapaz que eu queria que a vida me tivesse dado uma oportunidade a uns anos atrás não tinha qualidades.

Ao longo destes anos, passaram pessoas por nós, passaram pessoas próximas ou afastadas de nós os dois, em que algumas gostamos ou amamos, mas no fim o mundo faz-nos lembrar que estamos sempre presentes na vida um do outro. Que por mais que essas pessoas passassem meras horas na nossa vida, não faziam sentido para mim, algo estava incompleto, havia sempre algo com que me fizesse afastar da pessoa, que não fosse aquela que eu procurava, aquela com quem eu pretendia para seguir o caminho da minha vida e juntos ultrapassar-mos todas as pedras que nós jogamos ao longo da nossa caminhada.

Por vezes a vida dá voltas e …

A vida pregou-nos a maior partida e um milagre de natal, tornou-nos próximos novamente, mas o que será que a vida quer para nós? O que será que queremos para nós os dois? Eu não sei, e acho que também não tens essa resposta, mas acho que passar um dia sem saber como tu estas, como foi teu dia no trabalho é um desperdício. Acho que só o futuro nos dará respostas a estas perguntas que coloco, mas só quero que saibas o passado fica no passado!

RECOMENDAMOS