O Lado Negro da Pílula Contraceptiva!!

Hoje trago um artigo que todas as meninas deveriam ler, principalmente as que tomam a pílula como método contraceptivo, ou estão a pensar tomar.

Antes de mais, NUNCA deverão automedicar-se, devem sempre pedir ajuda a um ginecologista, para ser o próprio a determinar qual será a melhor marca para o seu tipo organismo. Depois é de realçar que se trata de um medicamento, e como todos os outros medicamentos, têm efeitos secundários aos quais estarão sujeitas.

Vamos deixar aqui alguns do efeitos secundários observados em grande parte das mulheres que utilizam este método contraceptivo.

Vê também: Tudo O Que Precisas De Saber Sobre A Pílula Do Dia Seguinte!

Perda total ou parcial da libido, principalmente a quem toma a pílula há mais de 6 meses. As hormonas responsáveis pela libido são: ocitocina, progesterona, estradiol, DHEA, DHT e principalmente, a testosterona (sim, a hormona masculina também exstite nas mulheres). A testosterona é inibida pelo uso da pílula, reduzindo drasticamente o seu apetite s3xual.

Causa celulite, flacidez, diminuição da massa muscular e aumento da gordura localizada. Com a diminuição da testosterona o corpo não consegue desenvolver massa muscular, mesmo praticando exercício físico. A celulite aumenta devido ao inchaço e acumulação de gordura nos tecidos, causados pelo estrógeno e pela progesterona.

Pode levar a diversas complicações cardiovasculares. O coração é o órgão que possui mais receptores para a testosterona, logo quem possui níveis baixos desta hormona ficará mais susceptível a doenças cardíacas.

É uma potencial aliada a doenças cancerígenas. Sabiam que contraceptivos hormonais foram classificados pela Organização Mundial de Saúde como potencialmente carcinogénicos? Devido às doses de hormonas depositadas DIARIAMENTE na corrente sanguínea. Para terem noção, a pílula está classificada como equivalente ao tabaco.

Vê também: O Lado Negro Da P0RN0GRAFIA (Se É Que Ela Tem Outro Lado)

A menstruação torna-se “falsa”. A pílula é composta por duas hormonas sintéticas, uma que imita o estrógeno e a outra progesterona. Estas hormonas “falsas” presentes na pílula “enganam” o vosso organismo, fazendo com que a mulher não ovule.

Aumenta o risco de trombose. Caso seja fumadora então aí é que se instalam muitas complicações, principalmente em idade superior a 35 anos, o que não quer dizer que sendo mais nova não possam surgir complicações. O problema é gerado pela coagulação do sangue no interior das veias, principalmente nos membros inferiores. Caso um dos coágulos entre na corrente sanguínea e chegue ao pulmão, pode causar embolia pulmonar – risco fatal. Sugerimos que todas a mulheres fumadoras, antes de começarem a tomar a pílula se informem com o médico, pois podem surgir muitas complicações a longo prazo.

Desencadeia vários outros problemas, tais como, dores de cabeça, alterações bruscas de humor. DEPRESSÃO, enjoos, mal-estar, ansiedade, etc.

Todos estes efeitos constam no folheto informativo, mas grande parte das pessoas não dá importância porque “toda a gente toma, eu também vou tomar”.

Vê também: 7 Coisas Preocupantes Sobre Produtos De Higiene Feminina!

A minha opinião é sempre contra os medicamentos, pois estamos a sujeitar o nosso corpo a efeitos secundários indesejados e a uma adição perigosa, e sinceramente prefiro sentir dores na menstruação e ter uma borbulha ou outra do que estar a sujeitar o meu corpo a isto, já para não falar na perda de desejo s3xual, que quer seja importante ou não, nenhuma relação sobrevive sem intimidade. Pensem bem se vale ou não a pena correr tantos riscos, pois existe um método contraceptivo na minha opinião, mais eficaz, porque para além de proteger a mulher de engravidar, ainda protege das DST. Informem-se bem antes de darem esse passo e decidam de uma forma consciente.

Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...