Que nunca te falte motivação…

São 6h45. Toca o despertador. Acordo para mais um dia, de volta à rotina, tento arranjar motivação para sair desta cama. Levanto-me a custo e tomo banho, em meia hora estou pronta, fico à espera que o meu pai chegue, entramos no carro, e as nossas conversas resumem-se a meros ‘até logo, bom dia’. 

Entro na escola e procuro novamente a motivação, motivação para a mesma rotina, para as mesmas pessoas, mesmas conversas, mas ela abandonou-me. Essa é a verdade. 

Dá o primeiro toque, lá vamos nós para a primeira aula, sonolenta, esforço-me por me manter atenta, mas as marcas de mais uma noite sombria começam a notar-se. 

O passado devia ser como a motivação, abandonar-me e não me procurar mais, mas este decide persistir. Volta quando me habituo à tua ausência. Fecho os olhos e tudo o que vejo é a dor de um passado que ainda não esqueci. 

Fui magoada, traída, esfaqueada por pessoas por quem desejei dar a minha vida. Hoje o mundo está assim, dizer “amo-te” é tão comum como dizer “Olá, tudo bem?”. 

A amizade tornou-se um poço de mentiras. A desmotivação tornou-se rotina. A traição é rainha. O perdão é como a fé, ninguém sabe se existe, mas sei que alguém feriu a minha. Está tudo do avesso. E não, o avesso não é o meu lado certo, como dizem as frases feitas do Facebook. 

Acaba a aula e eu preciso interpretar o meu papel de menina divertida, que não sou mais. Logo regresso a casa. Jantar com a família, oração antes de enfardar e dormir cedo porque o cansaço transborda em mim, ou devo corrigir, tentar em vão dormir. Deito-me na cama na esperança de que a noite seja diferente e o passado se lembre de me esquecer. 

Mas sabes ser adolescente não é viver num mar de rosas, precisas enfrentar muitos espinhos, vez ou outra. 

Que Deus te proteja, que a motivação não te abandone, porque até a minha que gosta de se afastar, sempre regressa quando menos espero. Que a fé seja permanente, que te agarres a quem amas com o amor que te incutiram quando nasceste. 

Neste mundo deturpado nada é mais importante que aqueles que passam um dia a trabalhar no duro, para te alimentarem e te vestirem, para que tenhas um futuro brilhante. Porque os que amas e que te amam incondicionalmente conseguem ver o arco-íris brilhar em meio as gotas odiosas de chuva.