Noite sombria…

A noite cai e algo dentro de mim chama por ti!

Percorrem meu corpo infindáveis sentimentos de tristeza, saudade…

Sinto que perdi qualquer coisa, vazio está meu coração.

Meus pensamentos buscam pequenas lembranças tuas, pequenos e simples gestos de ternura e afecto.

Uma busca incessante mas sem qualquer tipo de alcance.

Tudo perdeu o sentido e até eu me perdi de mim mesma.

Já não ouço, já não sorrio, não canto, não comunico, não caminho…

A razão da vida já não imagino mais qual seja ela!

Agora amo e choro calada esta perda, este amor que nada me ofereceu a não ser a dor.

Apenas sobrevivi e sou eu, só eu, somente eu nesta noite sombria no escuro do meu quarto!

Sozinha, busco a solidão pois foi somente isto que me restou procurar.

Deixei-me imensas vezes afastar dos sonhos que enchiam meu sono, das esperanças que continha em meu coração, do amor que construía minha vida e será que hoje sinto-me só porque sempre apostei em algo que sabia que nunca iria resultar?!

Não sei se sou só por querer ou porque sem querer deixei traçarem o meu caminho por mim?!

Desistir sempre foi mais fácil, o difícil será sempre lutar pelos nossos sonhos sem deixar que alguém os arranque de nós!

Dúvidas invadem-me a cada amanhecer e procuro no brilho do sol o meu sorriso, nas flores a beleza que tive outrora, no vento a minha voz…

Restaram-me as lágrimas que inundam cada memória de ti e que por magia sempre retornam do naufrágio!

É triste enfrentar multidões pois sinto solidão a dobrar, um mundo inteiro ao meu lado e eu afogada em solidão…

Não sei porque acordo, se acordo para a imensidão de uma noite sombria mesmo que lá fora seja dia!

Queria mudar e dar alento ao meu pobre coração, mas é difícil quando o alguém que nos preenchia o vazio simplesmente não está!

Eu não queria sentir falta do passado, mas vivo nele e sei que sofro em vão.

Sinto medo do espaço vazio que me separa da vida, é um vazio sem emenda e que por puro egoísmo ousei esvaziar!

Aqui nesta noite fria e sombria a tristeza e a saudade me acompanham de mãos dadas, se por magia conseguir adormecer, espero acordar bem tarde!

PORJoana Brito
Partilhar é cuidar!