No teu abraço…

Como se fosse hoje recordo o teu último abraço, aquele abraço apertado que muito me tem sossegado.

Senti a saudade apertar por entre lembranças e lágrimas, a garganta começou apertar pelas minhas doces esperanças.

No teu abraço gostoso o meu coração aquecia e quando ele estava triste era a ele que recorria.

Tantas horas me seguravam nesse teu abraço enorme pois ele me dava alento e nele toda a tristeza some.

Como senti falta desse teu carinho espontâneo, um toque tão forte mas no fundo bem suave.

Nesse teu abraço eu chorava por várias horas, mas ele devolvia o sorriso no seu mais profundo sentido.

Ainda lembro a segurança que tinha por entre teus braços, neles estava perfeito livraram-me de embaraços.

Tenho saudade dos tempos que tinha um abraço a qualquer momento, um toque sensivelmente profundo que me mostrava o melhor sentimento.

No teu abraço calava meus medos e espantava os fantasmas, era o local perfeito para perder-me além das horas vagas.

Senti um vazio imenso pois faltou-me o teu aperto, aquele que me segurava que fazia tudo ser perfeito.

No teu abraço fui feliz, no teu abraço cresci e aprendi, esse teu abraço que hoje me falta mas um abraço que de lembrar sossega-me a alma.

PORJoana Brito
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...