Nem todos os príncipes se transformam em sapos…

Querido diário,

Hoje escrevo-te com o intuito de te contar a minha pequena grande história no amor. Como deves calcular, eu vivi poucas aventuras no amor. Todas muito boas mas sempre com um final.

Lembro-me de ter 14 anos e estar a desejar encontrar alguém que prometesse ficar comigo. Sabes… aconteceu! Encontrei alguém que me fez acreditar que seria possível ficar para sempre com outro alguém. Tudo graças a uma promessa que acabou pouco tempo depois.

Eu, deprimida e com medo de tentar novamente encontrar alguém, desacreditei naquela conversa do “prometo-te”. Palavra muito imprevisível e quase que é impossível acreditar.

Mais tarde, apareceu um rapaz que me chamou a atenção de uma maneira muito estranha. Eu olhava para ele e já me via ao lado dele (estranho não é?). Tinha vergonha e medo de falar mas mais tarde decidi arriscar. Com o passar do tempo, tudo se desenvolveu e hoje esse rapaz está realmente ao meu lado. Ele é um autentico príncipe, não haja duvidas. Não me promete coisíssima nenhuma, ele actua! Está sempre ao meu lado, protege-me de tudo e, desde que ele entrou na minha vida que tudo tem sido mais belo.

Com ele tenho aprendido que não é necessário promessas para nos sentirmos seguros. Senti-me única, amada, mimada. Senti tudo aquilo que aos 14 anos queria tanto ter. Encontrei um rapaz que para além de meu amigo é meu namorado. Amamo-nos na maior parte do tempo e a palavra “discutir” quase que nem existe no nosso compromisso.

Lindo não é? Quando menos esperamos entram-nos pessoas maravilhosas na vida que nos ajudam a sarar as feridas do passado e viver um presente cheio de boas coisas.


PELA WEB

Loading...