Nem sei se existes!

Sonho contigo e não sei sequer se existes. Penso em ti e não te conheço. Faço planos, muitos planos, a pensar em nós e nas aventuras que podemos ter juntos. Idolatrizo-te e espero que um dia te atravesses no meu caminho. Espero também, nesse dia, ter a perspicácia suficiente para perceber quem és e, para além de te ver, te conhecer e descobrir, como quem pela primeira vez sente o cheiro a café e se apaixona instintivamente pelo seu sabor.

Sou uma grande sonhadora eu sei, também sei que podes nem sequer existir, nem sequer estar a ler-me neste momento, o que é muito provável, porém António Gedeão defendia que “o sonho comanda a vida” e eu apoio-o com todas as minhas forças.

Sonhadora, serei sempre! Lutadora, também! Apesar de muitas e muitas vezes a força e a determinação fugir, sabe-se lá para onde e com que objetivo mas, eu continuo, teimosia também é um dos meus pontos fortes! E, se a vida nos quer fugir, cabe-nos a nós correr atrás dela!

Será que ainda vou a tempo de desintoxicar a minha vida? Será que te posso levar comigo sem pensar na despedida? Espero que um dia venhas ter comigo, me perdoes por me ter escondido e, principalmente, me atures e fiques para sempre comigo.

PORRita M. Fonseca
Partilhar é cuidar!