Não te atrases, só temos cinco minutos para as despedidas!

A vida urge, o coração desacelera querendo parar o tempo…

Só mais cinco minutos numa repetição infindável, era só isso que precisava para guardar mais um detalhe teu, mais um toque marcante de uma personalidade que odeio por gostar tanto…

Mas o tempo não pára e eu vou embora, vou embora naquele avião que não espera mais cinco minutos, nem por mim, nem por ti, nem por ninguém!

Vou, porque tenho de ir, porque a vida me chama lá fora, como chama a tantos outros, porque a vida se vive entre o cá e o lá, o ir e o voltar e na verdade quem vai pode também ficar, mas quem fica nunca pode ir..

Por isso vou, vou mas fico.. Quem disse que a nossa casa era onde estava o nosso coração não sabia o quão certo estava.. O quão o coração nos desprende ou nos amarra.. O quanto nos eleva e nos rebaixa!

E não sei se o meu bate por mim se bate por ti, mas sei que o batimento nunca foi tão certo por algo tão errado..

E não é isso a vida? Um aglomerado de errados que nos fazem extremamente felizes? Uma junção de riscos que são as maiores loucuras, mas também os maiores acertos da nossa vida?

E de que te serve a meia felicidade se tens ali a felicidade toda? Por mais errada que ela pareça.. É a TUA vida! Vive-a!

Do outro lado do medo estão os sonhos.. Mas enquanto tiveres medo de fazer a viajem nunca vão passar disso mesmo, de sonhos, mas não os chames de impossíveis só porque tens medo de os viver, o avião vai partir na mesma.. E não esperes ver alguém com o teu bilhete da felicidade para perceber que leva o teu mundo, embora, de ti!

Aproveita hoje e vive.. Corre e despede-te antes que seja tarde para encontrares quem tanto queres no aeroporto.. Não deixes que ninguém te mostre o caminho se és tu quem sabe em que porta de embarque deves estar!

E acredita quando o teu coração bater de forma irregular, acredita nele, não o tentes enganar, não te esqueças que é ele que bate por ti, dia após dia e se alguém te pode enganar é ele, se por um segundo parar de lutar por ti..

Não esperes o céu descer ao encontro ao teu avião, por mais que as nuvens baixem, para tocar o céu o avião terá de subir.. Não te cortes as pernas!

E eu vou.. E comigo vais tu também, ainda que apenas no meu coração, não encontrarias bilhete em melhor lugar, ficas com a garantia que não te perco pelo caminho..

E eu vou.. E levo comigo tudo o que te diz respeito, ainda que fiques.. E eu vou.. E levo comigo aquele sorriso, ainda que não o quisesses, levo comigo aquele brilho intermitente que todos devemos guardar connosco, porque a vida é curta demais para não o ter..

E eu vou.. E levo comigo aqueles mais cinco minutos que fariam toda a diferença.. E eu vou, mas volto! E se não voltar? Se não voltar acredita que parte de mim terá ficado!

E quando por momentos tiveres dúvidas, esquece esses momentos e pensa em todas as vezes que mesmo com dúvidas tiveste certezas! Pensa que ainda não me fui.. E se já tiver ido, lembra-te se calhar nunca é tarde para mais cinco minutos e um “boa viagem”!

Por vezes o avião atrasa.. E se não atrasar? Apanharemos o próximo.. Seremos tudo o que quisermos, desde que estejamos no mesmo voo ainda que distantes!

Até já.. Não te atrases, só temos cinco minutos para as despedidas!

POREma Melo
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...