Não sejas mais um!

Não sejas mais um.

Pára. Olha em redor. Repara como todos falam de mais, fazem “coisas” de mais, se esforçam de mais, etc de mais.

A vida é simples. Ela realmente é simples. Estamos demasiado preocupados em relembrar o nosso cérebro que não somos suficientemente bons em inúmeras coisas, nomeadamente no processo de lutar pelos nossos sonhos. Passamos demasiado tempo a achar que não somos capaz. Mas os outros são? Porquê?

Estupidez.

Somos demasiado estúpidos…essa é a pura verdade. Que têm os outros a mais que nós? A mais que TU? Vontade. TU não tens vontade, porque se tivesses não gastavas o teu tempo (que não volta) a pensar que não vale a pena porque não vais conseguir seja o que for que desejas.

Estupidez.

Quem determina se és ou não capaz? Tu? Não. A TUA vontade. Tu tens vontade? Essa é a verdadeira questão a colocar. Já estamos todos cansados de ouvir falar no tema “lei da atracção”. Tu és aquilo que tu pensas. Tudo o que nos rodeia é energia. Faz sentido. Se nós não temos energia não nos mexemos, vivemos cansados. E a parte negativa de tudo é bem mais fácil de viver, do que a positiva, a positiva dá trabalho. Físico e mental. Não temos de ser perfeitos, mas por vezes podíamos ser mais inteligentes. Não existe timing perfeito para NADA na vida.

“Odeio o meu trabalho, estou infeliz e isso está a por-me doente, mas não me posso demitir…”

“Odeio o meu corpo, estou muito gorda. A minha saúde pode correr risco, mas a minha família e os meus amigos não estão em sintonia, vou estar sempre rodeada de comida pouco (ou nada) saudável…”

“Adorava ter um filho, mas é melhor esperar. Acho que agora não é a melhor altura.”

Quantas histórias já conhecemos, onde o que perdemos é mais do que ganhámos….por esperar? Imensas. Ficámos todos mais felizes? Não. Usámos o “tempo de espera” para algo positivo na nossa vida? Mais positivo do que aquilo que desejamos para nós? Duvido.

Se começarem a reparar em certos pormenores nas pessoas terão conclusões incríveis (que não são novidade nenhuma). A maioria das pessoas que têm sucesso na vida, que são felizes, que alcançaram os seus sonhos, tem um discurso baseado em positivismo. Pensam, dizem e sentem aquilo que sonham. Afirmam ao universo que desejam algo e lutam. Não guardam para elas e esperam que alguém lute por elas ou simplesmente desistem. Não.

Tu que estás aí estático, vais sempre te perguntar: e se?

Não sejas mais um!