Não quero perder uma oportunidade de ser feliz contigo!

Podemos falar? Sei que já passou um mês mas eu ainda não consigo acreditar na tua partida. Sei que há alguns dias atrás te mandei uma mensagem a dizer que estava contente por estares feliz com outra e que também disse que já tinha seguido com a minha vida tal como tu, mas não.. Não sei bem porque, acredito que seja por ter tentado-te esquecer mesmo sem respostas para todas as perguntas. Estou a ficar louca, tu mesmo separado de mim dás comigo em maluca.A cada pessoa que conheço procuro-te a ti dentro dela, é a ti a quem eu procuro, nem sequer tento descobrir quem é pois em tudo eu vejo-te a ti.

Não sei bem o que estou a fazer, tantas oportunidades de ser feliz com pessoas novas, de estar e conhecer sítios novos e tudo o que eu faço é tentar ser feliz outra vez contigo, tentar estar contigo nos mesmos sítios de sempre e tentar descobrir novos sítios contigo.. Sei que chega de coisas lamechas mas não dá, não dá simplesmente para esquecer o que significas-te e significas para mim, tu eras a parte que me preenchia e agora? Agora sou um corpo que vagueia, um mero corpo que perdeu a sua alma num escuro enquanto te perdia.. Não sei ainda como pude acreditar que eras diferente, não eras nem és diferente de todos os outros parvalhões que magoam raparigas, neste momento não me considero mais uma rapariga mas sim uma mulher, porque no fim destes anos todos, de todas as lutas perdidas continuo a lutar de cabeça erguida, agora a minha maior luta é esquecer-te, esquecer quem um dia significou tudo para mim, quem um dia foi a minha vida, quem um dia me abraçou e falou baixinho no meu ouvido que tudo ia ficar bem, quem um dia me aceitou como eu sou, com todos os meus defeitos…

Agora sem ti vagueio sozinha pelo escuro dos dias e das noites à espera de dias e noites melhores. Dias e noites essas que não consigo sem ti. Tu foste um parvalhão é verdade mas eu estou disposta a perdoar-te e a começar tudo de novo. Sim talvez eu seja uma parva em não querer admitir que ainda gosto de ti, talvez seja só eu a tentar não me magoar outra vez ou então talvez faça isso porque tenho medo que todas as pessoas que sabem de todo o mal que me fizeste me julguem por te querer perdoar e por querer começar algo de novo contigo.Não sei se é um erro querer perdoar-te e dar uma nova oportunidade a nós. Oportunidade essa que nunca gastámos, tenho medo de a gastar e de não a gastar, é um misto de emoções, tenho medo de me magoar mas ao mesmo tempo não quero perder uma oportunidade de ser feliz contigo.

“Todos vivemos dias difíceis mas nada disso é em vão.” Que assim seja.

PORCélia Pinto
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...