Não posso te oferecer mundos e fundos …

Quem sabe eu não estou contigo pra viver para o resto das nossas vidas, que é bastante coisa?! Não posso te oferecer mundos e fundos; em contrapartida te ofereço carinho e amor em prestações a perder de vista. Com direito a juros e correção “monetária” com o passar dos anos – ao meu lado, claro. Investe em nós que o retorno é garantido.

Quem sabe eu não precise agradecer teus ex-namorados? Pela inocência em não te reconhecer como a mulher da vida deles. Porque, devido aos insistentes erros que cometeram contigo, hoje eu e você somos nós. A certeza que faltou a eles me sobra: tu és a mulher da minha vida!

Quem sabe eu não estou contigo por que tu me mereces? Não posso apagar teu passado ao lado daquele carinha que te fez sofrer. Depende de ti erguer a cabeça e olhar para frente. Seguir em frente. De mãos dadas comigo. Eu te mostro o caminho. Deixa o passado onde ele deve ficar e vêm comigo. O que tenho a te oferecer é o presente ao meu lado. Essa livro em branco que escreveremos a quatro mãos.

Quem sabe eu não estou contigo porque te mereço? Por ser essa surpresa que a vida me presenteou e nem sei como agradecer? E suspeito, com toda certeza do mundo que, ficar ao teu lado pra sempre, é a melhor forma de agradecimento.

Você não sabe, sequer desconfia, mas me contaram que nossos destinos foram traçados na maternidade…

POREduardo Rocha
Partilhar é cuidar!