Metade é m3rd@!!!

Porquê falar quando podemos estar calados? Ou então, porque calar quando podemos (e por vezes devemos) falar? Ambas as questões são pertinentes. Ambas dão que pensar, mas ao mesmo tempo, são fáceis de entender. Nem sempre a vida corre na perfeição para aquelas pessoas que falam sem esquecer uma palavra. Não é por serem assim, que não possam “perder” as palavras durante uma entrevista de emprego por exemplo. Por vezes, são as que mais timidez escondem e usam o “falar pelos cotovelos” para esconder, mas em situações mais tensas ficam gagas.

Todos nós, de alguma forma, em algum determinado momento, usamos algumas estratégia para esconder algo nosso que nos incomoda. Ás vezes, conhecemos aquele tipo de pessoas, que nos dia exacto em que nos conhecem falam como se nos conhecessem à anos. A tendência é a pensarmos que são extrovertidas, dão-se bem em todo o tipo de ambientes, etc. O que pode até ser verdade, mas muitas das vezes não é bem assim. Até porque também existe aquele tipo que paga bem caro por falar DE MAIS! As pessoas afastam-se.

Bom… nada melhor do que parar para pensar antes de falar. Vamos chamar-lhe a regra dos “AR´s” (Parar, Pensar e Falar). Boa?! Regra, a meu ver, óptima para adotarmos constantemente no dia a dia. Se todos fizéssemos isto, não diríamos metade da m3rd@ que dizemos.