(…) mesmo que acabe hoje ou amanhã , será para sempre dentro de mim.

Para te dizer …

Confesso não é um amor clichê. Eu não sinto frio na barriga, o meu coração não dispara, as minhas mãos não suam e as minhas pernas não tremem quando você está perto. Pelo menos no agora, no hoje, nesse exacto momento. É um sentimento estranho é bom e ruim ao mesmo tempo. É saudável e doloroso.

É a vontade de te ter aqui colado à mim e ao mesmo tempo QUERER que desapareças de vez. Sem deixar rastos. Sem um porque. Só ir.

Nunca pensei que coisas tão distintas sentimentos tão opostos pudessem se cruzar numa sintonia que me assusta. Mas eu gosto de você, eu ainda gosto. Só não sei até quando.

Talvez seja para sempre, mesmo que acabe hoje ou amanhã, será para sempre dentro de mim.


PELA WEB

Loading...