Mergulha na minha imperfeição…

Decifra-me! Como se isso fosse possível… Como se fosse fácil…

Vem descobrir-me, conhece-me, sem pressa…

Tudo o que precisas ter em mente é que eu sou imprevisível… Se levares isso em conta irás descobrir que eu sou um infinito…

Quero ser misteriosa para ti, mas ainda assim saberes como lidar comigo. Vem, vem agora! Quero que saibas que gosto de videogames o tanto quanto gosto de jogar futebol. Descobre que eu sou indecisa para tudo, ate para escolher a cor das meias; que sou teimosa e vou implicar contigo caso eu sinta tédio.

Sobe de nível! Descobre que eu amo animais, e que gostaria de viajar o mundo. Vê e entende que sou 8 ou 80, que há dias que só quero sair para dançar e chegar de manha em casa, mas que nos outros eu morreria só para poder ficar deitada (na tua cama, ou na minha?) a ver filmes.

Agora, prepara-te, aqui é onde começa a confusão! Será que consegues ver-me como bailarina? Atriz? Astronauta? Fotografa? Psicóloga? Profissional de algum desporto? Estilista? Produtora de cinema? Escritora (esta talvez é fácil…)? Empresária? Bom… caso não consigas, deixa-me dizer-te que gostava de ser isso tudo e mais algumas coisas… Apesar de ser indecisa, aqui não se trata disso, é que apenas eu não sou adepta de comodismos e a minha morte seria não evoluir e não completar-me cada dia mais.

Agora, para e pensa! Tás assustado? Respira fundo… vamos continuar?

Tenho dupla personalidade… talvez tripla… quem sabe? Nem eu sei…

Espera… deixa-me avisar-te que estas a ultrapassar a minha linha de conforto…

Vem descobrir que eu sou sentimental, que choro em filmes, que tenho vontade de ser rica para ajudar o mundo de alguma forma, vem saber que eu desconfio de tudo e de todos. Dá-me uma viagem para algum país e eu ficarei com um enorme brilho nos olhos, e a pular de alegria; mas prepara-me uma surpresa com flores roubadas pelo caminho, e leva-me para apreciar a natureza que eu ficarei completamente derretida….

Se chegaste até aqui já sabes que irrito-me por qualquer coisinha, sou impaciente, ansiosa, e quando quero uma coisa não há opiniões de terceiros que mudem os meus planos.

Se sobreviveste neste mergulho profundo, deixa-me recompensar-te…