(…) mãe tu alguma vez me amaste?

Mãe é uma palavra tão forte, e porra desculpa a palavra mas PORRA mãe tu alguma vez me amaste?

Não entendo aquilo que me fazes e acredita fazes-me tão mal, que se passa? Sou culpada de nascer? Que mal te fiz?

Porque me odeias tanto se fiz tanto por ti, fiz até o que não podia dava a vida por ti, já derramei tanta lágrima por ti e dizes-me que devo morrer? Que não mereço ser feliz?

Estas doente eu entendo, mas eu não sou a culpada de nada eu só nasci de ti mas não pedi…

Acho as nunca saberei o que é realmente ser amada porque quem não é amado por uma mãe será amada por quem?

Mãe eu peço perdão até pelo que não fiz mas não me odeies… Ainda mais sem motivo porque eu vou voar do teu ninho já não pertenço aí ou se calhar nunca pertenci… Vou deixar-te, vou embora como mandaste tanta vez mas olha eu prometo que não volto mas não odeies…ainda mais sem motivo!!!!!

PORSoraia Silva
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...