Mãe, tá aqui meu presente, pega!

Aquele frio básico que dá na barriga todos os anos quando o dia das mães se aproxima, e agora, o que você vai dar de presente?! A maioria das pessoas deixam para ultima hora, sim, umas por não ter tempo de ficar batendo perna, como dizem, e outras, por opção mesmo, acham que se deixar para cima da hora vão conseguir coisas mais baratas e acessíveis ao bolso.

Mas, a pergunta que não quer calar é, o seu presente vai ser “o presente”? – Não, não precisa necessariamente ter custado rios de dinheiro para ter um valor significativo, ainda mais para sua mãe que aceitaria qualquer coisa, e, ainda acharia lindo, digo no sentido de sentimento, você está colocando todo seu sentimento nesse presente, nessa comemoração, nessa surpresa?! Tá vendo, parece que estou vendo você agora colocando a mão debaixo do queixo e pensando: – É, eu nem tinha pensado nisso, só ia dar qualquer coisa para não deixar passar em branco esse ano. Que tal fazer diferente?! Sim, diferente. Mas tem que ser algo inovador, aquelas coisas que só olhamos em filme, sabe, e, que com certeza você ainda não fez, sua mãe iria adorar algo feito por suas mãos, um presente que ela saberá que você perdeu/ganhou horas preparando para ela.

Quer uma dica? Bom, que tal revirar aquelas caixas de fotos antigas, sim, mas aquelas bem antigas mesmo, nas quais sua mãe ainda usava cabelo pra cima e se achava o maior arraso, aquelas que sua mãe usava uma calça jeans quase na altura dos peitos, e achava que estava abalando, essas mais engraçadas que façam ela voltar ao tempo, não esquecendo, claro, que você tem que aparecer em algumas para fazer com que ela lembre de tudo, ou pelo menos tente lembrar de boa parte, de tudo que já passou por você. Pegue essas imagens e copie, depois cole em uma caixa, da sua escolha, claro, coloque dentro itens que te fazem lembrar a sua mãe, sim, você tem que deixar a sua imaginação fluir nessa hora. Um paninho que ela usa, uma serra de unha usada, uma blusa rasgada, uma agenda velha, do ano de 2011 que você deixa guardada lá naquela sua estante de livros do fundamental, ou quem sabe, um guardanapo que ela tenha usado um dia e você guardou, tá, ninguém faz isso, eu fiz uma vez com meu namorado, mas, deixe sua imaginação te levar. O que vai importar, é que na hora que ela for abrir, você vai falando para ela o que cada item daquele significa, o que aquele momento te faz lembrar, as coisas inesquecíveis que sua mãe te ensinou através daquele dia, sabe, um simples presente pode te levar até uma linda homenagem sem você perceber, quando se der conta, já estarão os dois rindo e chorando relembrando tudo. Ah, lembrando que você pode usar qualquer coisa que te lembre sua mãe, de verdade não precisa ser uma serra de unha como disse, foi só um exemplo, rs. Mas o importante no final de tudo isso, é que ela perceberá que todos os momentos você a tem observado, e, guardado consigo suas mais lindas e marcantes memórias. Por que? Para ter coisas boas na mente sempre que lembrar dela.

O mal de muitos filhos é querer simplesmente dar um “feliz dia das mães aê”, e sair de cena, e, tudo que ela já fez por você? E todas as vezes que ela teve que abrir mão dos seus mais lindos sonhos para te dar algo que você tanto queria? Quantas vezes ela deixou de viver, para te dar vida, e quantas ela parou de sonhar para que você tivesse uma infância memóravel… Devemos analisar detalhes, um sorisso pela manhã muda um dia, um abraço inesperado desarma qualquer laço de desentendimento, um olhar profundo, ah, um olhar profundo, ele vale por qualquer coisa, fala tanto em um silêncio.

Filhos, sejamos os filhos que queremos ter um dia. Vamos nos basear em nós mesmos e avaliarmos que tipo de árvore estamos plantando, não esquecendo que, se eu colocar uma semente de maça, jamais colherei melão, se quer ter uma família abençoada, filhos maravilhosos, e, uma vida estruturada na qual você se orgulhará de fazer parte, plante hoje, com pequenas coisas… Todo prédio um dia já foi “um” tijolo, todo avião, por maior que seja, um dia já foi “uma” única peça, por aí vemos que devemos mesmo começar de baixo, com pequenas atitudes, mas, memoráveis, tenha certeza que um presente por mais simples e barato que possa ser, embalsado de sentimentos, derrete qualquer coração.

Feliz dia das Mães!!!