Mãe eu amo-te…

À minha mãe,

Quero-te agradecer por tudo, por todos os ”nãos”, por me teres deixado crescer sem a tua protecção, não consigo imaginar o que é veres a tua menina a tornar-se uma mulher, agradeço cuidares de mim e ensinar-me a fazer o mesmo, apesar de nunca o fazer tão bem como tu.

Nunca fui de dizer que te amava mãe, e não me leves a mal por isso, sei que também não és de revelar os teus sentimentos comigo, mas sei que também me amas, apesar de todas as asneiras que fiz e às vezes te magoar, às vezes não ser a filha que desejas-te, sei que acima de tudo me amas, não por ser tua filha mas porque tens orgulho na mulher que me tornei e se eu sou assim hoje, foi por ti, mal ou bem, tu tornas-te me a mulher que sou hoje e a ti eu agradeço-te por isso.

Passamos por muita coisa juntas, quando precisas de mim eu estou lá para ser o teu apoio, a tua rocha, sei que posso contar contigo da mesma forma, mas não o faço, não me leves a mal, mas eu gosto de dar a parte forte como tu me dás a mim, se as vezes não desabafo contigo não aches que é porque eu não confio, eu só quero dar a minha parte forte e não te mostrar que estou mal ou com problemas não te quero preocupar, sempre me ensinas-te a resolver os problemas sozinha e a ter força para agir e assim o faço, deste-me as lições mais essenciais para a vida, se nunca desisti foi por ter aprendido a ser determinada e nunca me metes-te travão na minha determinação e por isso e por muito mais eu agradeço-te.

Mãe, eu amo-te apesar de não o mostrar e as vezes até o podes duvidar, mas és uma boa mãe e nunca te esqueças que eu não te trocaria por mais nenhuma, sei que podemos discutir e podemos afastar-nos mas eu nunca vou deixar de te ter no meu coração, sei que queres ser sempre a melhor, queres ser mais e mais, que às vezes achas que erras-te e que não és uma boa mãe e sei que eu devia te mostrar mais vezes que eu tenho orgulho em ti, que te agradeço por tudo, não pelas coisas que me deste materiais, mas por me teres deixado crescer a minha maneira, por me teres deixado voar e voltar sempre que precisar para o meu ninho, por saber que tenho um porto seguro, apesar de não o usar, eu sei que o tenho.

Mãe nunca te disse mas eu amo-te.

PORDaniela Lopes
Partilhar é cuidar!