Lembras-te?

Lembras-te de mim, de ti, de nós?

Lembras-te de quando eu era tua, e tu eras meu?

Lembras-te de como éramos felizes e não sabíamos?

Lembras-te do que éramos, do que fomos, e do que passamos a ser?

Lembras-te das brincadeiras, das palavras que trocamos, das conversas que tivemos, das promessas e juramentos que fizemos?

Lembras-te dos sítios onde estivemos, onde nos encontrávamos e amávamo-nos?

Lembras-te dos beijos, abraços e amassos que trocamos?

Lembras-te das discussões, zangas, e chatices que tivemos?

Lembras-te das “brigas” para ver quem desligava primeiro, dos pequenos ataques de ciúmes e da implicância com alguns amigos/as?

Lembras-te dos presentes, textos, poemas e músicas que trocamos?

Lembras-te da confiança, amizade e cumplicidade que conquistamos?

Lembras-te das manhas calmas, das tardes apressadas, e das noites mal dormidas?

Lembras-te de como a tua presença constante mudava e animava o meu dia?

Lembras-te das dúvidas e incertezas, dos segredos e medos que confessamos ter?

Lembras-te dos sonhos, planos e objectivos que idealizamos? De tudo o que planeamos e não concretizamos?

Lembras-te de quando disseste que nunca me ias deixar, que nunca me ias magoar e foste o primeiro a mudar e decidir tudo acabar?

Lembras-te de como juravas que ias proteger-me de tudo e foste o primeiro a desiludir-me e a magoar-me?

Feliz, ou infelizmente eu lembro.me disto tudo e muito mais. E tu? Lembras-te?


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...