Larga tudo!

Larga tudo! Mas tudo mesmo! Larga a tv o telemóvel. Larga seja o que for que te esteja a ocupar agora. Larga tudo e vem até aqui agora!

A porta da rua esta apenas encostada e a do quarto esta aberta. Estou a espera que entre mas quando entrares larga tudo. Os medos, os pensamento,  os planos e as fragilidades.

Hoje sou só eu, tu e os lençóis da minha cama. Dentro destas quatro paredes não quero segredos! Não quero medos e muito menos os famosos “e se…”

Esta noite quero que te soltes, quero-te sentir na totalidade! Quero que o teu corpo fique entrelaçado no meu. Quero que mates todo o desejo acumulado. Quero que grites, que sussurres no meu ouvido, Quero sentir o teu lado mais ousado e rebelde. Quero que sejas tu no teu melhor.  Quero que esqueças que existe um mundo la fora e me leves para um mundo distante.

Dentro deste quarto quero que largues tudo. Quero que o tempo desapareça e que me ames como se fosse a ultima vez. Quero que largues tudo menos a minha mão.  Pois quero que largues tudo para que fiques de vez comigo.

PORDébora Moreira
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...