Juma, O Jaguar Morto Em Cerimónia Com Tocha Olímpica!!

Durante uma cerimónia com a tocha olímpica em Manaus, Brasil, um jaguar malhado (ou onça-pintada) chamado Juma foi morto após avançar sobre um soldado do exército brasileiro.

Isto apenas aconteceu porque o animal foi acorrentado para ser apresentado ao público durante a cerimónia, mas com o barulho, acabou por ficar agitado. Ainda tentaram acalma-lo com tranquilizantes, mas, ao coloca-lo numa carrinha, ele saltou sobre um dos militares que acabou por abatê-lo a tiro.

Juma foi resgatado com ferimentos após a sua mãe ter sido morta e levado para o centro do Exército, onde ali cresceu sob os cuidados dos tratadores. Muitos jaguares, como Juma, tornam-se mascotes dos batalhões e passam por sessões de treino no Brasil.

Vê também: Tatuou A Sua Cadela E A Revolta Nas Redes Sociais Foi Enorme!!

Em Manaus, os felinos são presença frequente em desfiles militares, prática esta condenada por biólogos e veterinários. Um biólogo disse mesmo que estes animais deveriam ser imediatamente devolvidos à Natureza após serem resgatados ou levadas para refúgios onde passam andar livremente em espaços grandes.

Infelizmente foi uma situação que facilmente seria evitada sem não utilizassem animais para se exibirem :(

Partilhar é cuidar!