Infância é genuinidade, infância é amizade!

Não era suposto a infância ser a época em que esfolávamos o joelho, em que riamos sem parar, em que jogávamos às escondidas, aos elásticos, à macaca, ao polícia e ladrão? Não era suposto ser a época em que chorávamos por não sermos escolhidas para a equipa daquele rapaz que as miúdas todas gostavam e era super convencido?

Não era suposto ser a época em que só víamos os nossos pais na hora das refeições porque depois tínhamos encontro marcado com os nossos amigos no largo da escola, onde íamos passar a tarde toda a jogar futebol, e a discutir porque as pedras, que na altura eram os postes das balizas não tinham a mesma medida e isso gerava inúmeras discussões entre todos? Sim, eu tenho 21 anos e a minha infância foi desta forma, ou seja não foi assim à tanto tempo!

A infância da maioria das crianças dos dias de hoje é tão diferente! Passam os dias agarradas a um computador, a uma tablete, ou a qualquer tipo de jogo que eu nem sequer me atrevo a dizer o nome para não errar! Não sabem elas o que perdem… Perdem tantos momentos bons e genuínos, perdem amizades que nascem na infância e duram uma vida toda! Eu tenho dessas amizade, não sei se vão durar a vida toda, mas venceram as discussões do tamanho das balizas feitas de pedras, por isso, acho sinceramente que são capazes de vencer tudo o resto.

Infância é uma bola de futebol a bater nas portas das casas dos vizinhos, infância é comer um gelado no parque e partilhar com a/o melhor amiga/o, infância é uma corrida de bicicleta para ver quem chega primeiro, porque “o último a chegar é cabeça podre”. Infância é genuinidade, infância é amizade!

A infância é a época em que somos puros e alegres, a tecnologia pode ser inovadora e útil, mas também pode ser a destruição de memórias, de histórias para um dia mais tarde serem contadas aos netos…

A infância é sem margem para dúvidas, a melhor época das nossas vidas!


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...