Homem Publicou Despedida Emocionante Na Sua Conta De Instagram Antes De Morrer!!

"Morte é parte da vida e como tal não deveria ser temida, mas sim amada."


Pablo Ráez era um jovem de 18 anos que tinha uma vida cheia de sonhos pela frente, no entanto, quando a 26 de Março de 2015 lhe foi diagnosticada leucemia, todos esses sonhos foram por “água abaixo”!

Depois de várias sessões de quimioterapia e um transplante de medula, finalmente as boas notícias chegaram: o transplante de medula óssea tinha funcionado e o cancro estava em remissão total!

Todos os sonhos que Pablo tinha antes voltaram a fazer parte dos seus planos de vida, tal como um futuro junto da sua namorada, Andrea, a quem havia pedido em casamento!


Infelizmente, tudo isso voltaria a desaparecer quando 10 meses depois um médico o informou que o cancro tinha voltado e que teria de voltar a passar por tudo novamente, no entanto, desta vez a situação ficou mais complicada ao tornar-se cada vez mais difícil encontrar um novo doador de medula óssea que fosse compatível consigo.

Mesmo a passar por todas estas dificuldades, Pablo nunca desistiu e decidiu ao mesmo tempo que partilhava os seus pensamentos nas redes sociais, criar o #retounmillón (desafioummilhão), tendo como objetivo alcançar um milhão de doadores de medula óssea na Espanha, tentando não só ajudar-se a si próprio como consciencializar o Mundo para a importância da doação que pode mesmo salvar vidas!

Todo o seu esforço acabou por resultar num aumento de 1000% de doações em Espanha e finalmente encontrou um novo doador para si, mas infelizmente, esse transplante também não correu como esperado e acabou por não ser compatível, acabando com todas as suas esperanças, tendo falecido no dia 25 de fevereiro de 2017, com apenas 20 anos, mas não sem antes deixar algumas das suas reflexões na sua conta do Instagram:

He tenido una reflexión que me gustaría compartir con vosotros. Vivimos en un sistema de vida en el que trabajamos y ganamos dinero por tiempo, es decir vivimos por y para el tiempo. Vivimos esclavos de este sistema que se basa en la pura burocracia. El planeta se está degenerando poco a poco, lo estamos destruyendo, derretimos los polos, producimos sin control,provocamos guerras, asesinamos personas y un largo etcétera que hacen que este mundo alcance su fin y todo esto lo estamos produciendo por dinero. No somos felices con lo que tenemos, siempre queremos más. La vida se debe basar en lo básico que se necesita y vivir en un sistema que realmente mire por cada persona y por cuidar este impresionante planeta lleno de belleza. Tenemos que ser más felices y ver realmente lo que estamos haciendo por y para el mundo,tenemos que empezar a darnos cuenta de la importancia que tienen realmente las cosas y valorar las verdaderamente importante. Demos más amor, primero a uno mismo y después a el mundo. Hasta que no te quieres a ti mismo no puedes querer a los demás. Demos más sonrisas, demos más abrazos, demos más paz , demos la mejor versión de nosotros mismos. Demos gracias a la vida por darnos el gran lujo de poder despertarnos cada mañana , seamos más agradecidos. 🙏🏻❤

Uma publicação partilhada por Pablo Ráez. (@srraez) a

“Eu tive uma reflexão que gostaria de compartilhar com vocês. Nós vivemos numa sociedade na qual trabalhamos e ganhamos dinheiro por tempo, o que significa que vivemos por e para o tempo. Vivemos escravos deste sistema que se baseia na burocracia pura. O planeta está a deteriorar-se pouco a pouco, nós estamos a destrui-lo, derretendo os pólos, produzindo sem controle, provocamos guerras, assassinamos pessoas e muito mais, que fazemos com que este mundo chegue ao fim, e fazemos tudo isso por dinheiro. Nós não estamos felizes com o que tempo, queremos sempre mais. A vida deveria ser simplesmente vivida e num sistema que cuidasse de cada pessoa e deste planeta lindo. Nós precisamos de ser mais felizes e ver o que estamos a fazer para e com o mundo, nós precisamos começar a perceber o que é realmente importante e precisamos aprender como valorizar isso. Nós precisamos amar mais, primeiro a nós mesmos e depois o mundo. Tu precisas de te amar a ti mesmo antes de amares os outros. Vamos sorrir mais, vamos abraçar mais, dar mais paz, dar a melhor versão de nós mesmos. Vamos ser gratos pela vida por nos dar o grande luxo de podermos acordar todos os dias, vamos ser mais agradecidos.”

Vê também: Pai Publica Foto De Filho Com Cancro Para Mostrar A Dura Realidade Desta Batalha!!

No último post que fez antes de falecer, Pablo terminou dizendo: “Morte é parte da vida e como tal não deveria ser temida, mas sim amada.”

Sem dúvida um grande exemplo de força e coragem que acabou por inspirar milhares de vidas por todo o Mundo! ❤️😢

FONTEPablo Ráez
Partilhar é cuidar!

RECOMENDAMOS