Há vezes em que (…) tudo que queremos fazer é (…) ficar quietos a olhar para o nada…

Há vezes em que nos encontramos tão desanimados que tudo que queremos fazer é apenas sentar em um lugar qualquer e ficar quieto a olhar para o nada..

Nesse momento mil coisas passam pela nossa mente e o coraçãozinho, já cansado de tantas idas e vindas, bate num ritmo que mais se parece com o toque de uma música sobre saudade: triste..

As incertezas tomam conta do nosso pensamento e a esperança é adormecida num sono profundo dirigido pelas verdades aparentes que pouco ajudam no aparecimento de um sorriso..

E quando isso acontece, o papel e a caneta ganham voz e convidam-me para juntos rumarmos a uma missão que damos o nome de “desabafo renovador”, porque a medida que escrevo, liberto-me, expresso as minhas vontades e dores, alegrias e medos.. Assim me encontro, assim me sinto bem..

Assim os meus pensamentos se aliviam, assim os meus sentimentos se suavizam.. E ao fim de cada escrita, acorda a esperança muito mais forte que antes, e o sorriso agride os meus lábios sem pedir permissão com propostas de fazer seu lar..
É assim que me sinto quando escrevo..

PORQuéssia
Partilhar é cuidar!