Há uma ideia que assola todos os corações…

Há uma ideia que assola todos os corações. Assombra até o coração mais gélido.

Paralisa-nos com a sua chegada e destrói-nos com a sua partida.

Tantos corpos cansados, derrotados por este pensamento: “Nasci e agora caminho para um destino fatal!”

Quando era miúda, a minha mãe afagava-me os cabelos e explicava que este mundo não é nosso. Tinha toda a razão.

Somos comandados por forças inexplicáveis, forças que nos deixam incapazes de prever o dia de amanhã.

Posso afirmar que tenho medo! Medo de uma morte que tudo nos retira!

Sinto-me petrificada perante a intensidade destes pensamentos.

Quantas noites não passei em claro temendo não só a morte, mas também a vida.

Uma vida cruel e insensível que nos pisa bem fundo e nos “chuta” como se fôssemos uma mera pedra da calçada!

Tenho medo! Medo de perder estes amigos, poucos, mas os melhores que alguém como eu poderia ter, medo de perder os meus pais, mas acima de tudo medo de me perder neste enredo confuso.

Relembro com fervor alguém do passado, alguém que infelizmente já partiu mas cujos ensinamentos perdurarão para sempre.

Foi com a sua partida que começaram as perturbações e com elas todas as dúvidas que me consomem.

Amedronta-me o facto de nunca mais sentir o cheiro a maresia, sentir o vento cortante colar-me o cabelo ao rosto… Horroriza-me o simples facto de que um dia não mais verei o sol nascer, não contemplarei nenhuma das mais belas estrelas do nosso céu…

A lei da vida é mesmo essa! Nascer e depois comer o pó de um mundo sem sentido.

Odeio leis!

Fico completamente apavorada!

Afinal pobres humanos que fazemos nós por aqui?

PORSofia Sousa
Partilhar é cuidar!