Gostava de me lembrar quando foi que me perdi!

Gostava de me lembrar quando foi que me perdi.

No dia em que te conheci, ou no dia em que desapareceste? No momento em que me senti totalmente sozinha, ou no momento em que voltaste com as tuas desculpas desnecessárias? Passaram anos, mudou tanta coisa… mudei a forma de pensar, viver e sentir e, mesmo assim, escrevo sobre ti e para ti. Mesmo que já não te ame, ninguém mais consegue ter o teu significado.

Gostava de poder ligar-te e contar sobre todos os meus erros depois de ti, mas sei que nada voltará a ser como era. Cada escolha que fiz foi um passo em frente para me esconder de ti e ao mesmo tempo guardar-te só para mim. Eu perdi-me porque agora estou a tentar fazer o contrário do que fazia antes. Se contigo eu ia por um caminho, hoje procuro o oposto. Se antes eu tinha os meus princípios, agora eles são totalmente diferentes. Descobri não ser capaz de me atirar de cabeça, de arriscar em algo ou alguém porque agora sei que isso nunca resulta.

Cheguei a conclusão de que aproveitar o pouco que a vida nos dá é melhor do que seguir cegamente um enorme objetivo. A vida é isto, é agora, é este preciso segundo e não aquilo que será um dia se eu fizer algo amanha.

PORMariya.B.
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...