Foste a minha melhor forma de Amar!

Acredita, foste a minha melhor forma de amar!

Acredita que quando te digo que nada nem ninguém vai ser como tu, acredita que nunca amarei alguém como te amei a ti, acredita que nunca amarei alguém como te amei a ti, acredita que vou ser sempre tua e que nada vai apagar a nossa história.

Acredita que de facto o arrependimento mata, e pior, mata aos poucos. Mata a vontade de ser feliz, a vontade de voltar a amar, a vontade de lutar e a vontade de querer mais para ti.

Quero-te agradecer por tudo o que fizeste por mim!

Agradecer todos beijos fora de hora, todos os abraços quentes em dias frios, todos os cuidados nos momentos certos, todos os sermões e abre olhos nos momentos errados, todas as mentiras que alegravam os meus dias, todas as verdades dolorosas necessárias de ouvir, todo o carinho e amor dado mesmo quando estavas magoado e todas aquelas escapatórias para eu ficar longe dos problemas,

Pensei que te podia esquecer, que maluquice!

Foram dias e dias, horas e horas a fio a chorar desalmadamente por já não te ter, até que abri os olhos. Pensei, “ Tudo o que é verdadeiro um dia volta”, mal eu sabia que não ias voltar. Disseste vezes sem conta “Segue a tua vida, Inês, acabou!”, e eu levantei-me, colhi os cacos à minha volta e segui.

Passado alguns meses, julguei-me apaixonada, por alguém ainda mais vazio que eu estava na altura, alguém que só consegue amar-se a si mesmo. Achei que não te amava, que não te queria mais, mas era a ti que eu procurava quando ele me abraçava. Fui boba por pensar que conseguiria ultrapassar todo o que vivemos em 5 anos, em 4 meses!

Cresci, amadureci e…

Uma vez solteira, decidi cuidar de mim!

Parei de me lamentar e chorar por algo que tinha a certeza que não e voltar. Parei de ter pena de mim por não te ter ao meu lado, e comecei a sentir pena de ti, por continuares a gostar de mim e estares com outra. Parei de esperar por uma chamada ou uma mensagem tua a dizeres que estava tudo bem.

Parei de ouvir tudo e todos e tomei as rédeas da minha vida. Comecei a viver com aquilo que tenho e descobri que era mais que o suficiente para mim. Percebi que não precisava de alguém ao meu lado que me completasse, uma vez que completa já eu sou. Aprendi a viver um dia de cada vez, sem medos, sem receios ou ansiedades e amar tudo aquilo que a vida me dá. Entendi que tinha que começar a fechar o meu coração e só a deixar entrar quem de facto seja merecedor, e a deixar a deixar partir todos os queiram sem sentir pena ou remorsos por isso, afinal na minha vida, só está quem faz falta.

Por favor, aprende!

Aprende que nada na vida é garantido e as coisas não podem ser da maneira que queres. Aprende que vais levar muitas facadas de quem não esperas e que nesta vida nada que tem valor vem fácil, e que desistir é para os fracos.

Entende…

Que vais estar sempre comigo, que te ainda te amo e te guardo no meu coração. Que quero o teu bem e a tua felicidade. Que todos os dias me passas pela cabeça. E que um dia, quando me perguntarem se te conheço, vou sorrir e responder “Não mais”.

PORFull Moon
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...