Fica!

Fica! Não partas ainda…

Não partas enquanto eu não disser tudo aquilo que carrego no peito!

Não partas porque os teus abraços não foram suficientes.

Não partas quando os teus lábios aos meus se negaram.

Não partas quando os teus olhos nem com os meus se encontraram.

Não partas porque a minha boca ainda não conseguiu proferir a palavra destinada.

Não partas porque ainda não fiz tudo o que queria por ti.

Não partas, não agora que me tornei tão dependente deste amor.

Vais partir…

Vais partir sem saber tudo aquilo que significas para mim!

Vais partir com ela sem eu sequer ter tentado que permanecesses em terra comigo.

Vais partir porque não sou a mulher que queres, não sou a mulher de riso fácil e choro difícil!

Vais partir sem a menor dúvida…

Vais partir sem que tenha podido sentir o meu corpo junto ao teu.

Não sei que mais possa dizer a não ser desejar-te uma boa viagem.

Desejar que sejas feliz! Que sejas sempre feliz!

Peço-te que te lembres que serei sempre o teu “guarda-chuva” por mais tempestades que te assolem eu estarei sempre lá para te proteger.

Nunca deixarás de ser o menino que “vi crescer” e nunca te abandonarei assim como nunca me abandonaste.

Nunca ouvirás a palavra que proferirei agora, talvez por eu seja demasiado orgulhosa ou até porque sei que não vale a pena ouvi-la nesta altura da tua vida…

“Amo-te”

PORSofia Sousa
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...