Felizes os que conseguem amar com esta intensidade!

Um casal de namorados descia uma serra, a alta velocidade, a caminho de uma praia….

Ela: Devagar! Estou com medo…

Ele: Não! É divertido!

Ela: Não é nada! Por favor, estou a ficar assustada

Ele: … (silêncio)… Então, não dizes que me amas?

Ela: Sim. Eu amo-te!

Ele: Agora abraça-me bem forte!

E ela abraçou-o…

Ele: Podes-me tirar o capacete e coloca-lo em ti? Está a incomodar-me, quero sentir o vento no meu rosto…

E ela tirou-lhe o capacete e colocou-o na sua cabeça.

No jornal do dia seguinte havia a seguinte notícia:

‘Uma moto bateu, na serra devido à aparente perda de travões ou problemas do motor. Um dos jovens morreu instantaneamente, enquanto que o outro está hospitalizado, mas sem gravidade’.

Na verdade, descendo a estrada, ele ter-se-á apercebido que os travões estavam a falhar, a deixar de funcionar. A queda parecia ser eminente, mas ele não queria que ela soubesse. Então, fez com ela dissesse que o amava e sentiu o seu abraço uma última vez; fez com que ela colocasse o seu capacete, para que pudesse viver, mesmo imaginando que por causa disso ele poderia vir a morrer…

Felizes os que conseguem amar com essa intensidade!

E tu? A quem darias o capacete?

PORJoana G.Torres
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...