Eu te amei…

Eu queria apertar sua mão e dar meus sinceros parabéns. Sentir pela ultima vez a pulsação da pessoa que me matou. Você tinha outros tantos jeitos, mas resolveu matar-me do pior.

Você não teve dó, você não quis ter. Confesso não ser a mulher perfeita já que estão cheios de manchas meu passado, mas garoto, eu te amei.

Eu poderia amar o mundo, mas resolvi amar só você, e quando eu sentia sua ausência todo aquele equilíbrio que existia em mim sumia como um piscar de olhos. E quando eu olhava para mim via apenas o rosto do abandono. Devo dizer que foi lindo, afinal prefiro guardar o brilho dos seus olhos, mas, por favor, vamos acabar por aqui. Foram muitas noites em claro, muitas lágrimas no travesseiro e muita dor dentro do peito.

As escolhas já foram feitas e eu não estou mais na sua lista. Só acho um crime hediondo você ter matado todos meus sonhos.

PORPaola Martins
Partilhar é cuidar!