Eu sou completamente apaixonado por ti…

Talvez sejam breves as palavras que eu sempre te quis dizer,
Aquelas que eu sempre te quis entregar, abraçar, sussurrar-te.
Mas o receio, o medo, era maior. Tudo era maior que o nosso amor.

Desculpa, desculpa por ter fechado a porta naquele dia.
Desculpa por me arrepender todos os dias que te perdi. Que me fiz ao perder-te.
E não é fácil de dizer, mas sem ti há dias em que não me reconheço.
E não é fácil de perceber, mas é verdade… eu não sou nada sem ti.

E pergunto-me: o que ainda há para salvar? Será que há algo para perdoar?
Eu não tenho perdão. Não quero o ter perdão. Não o mereço.
E, mesmo que nunca mais te veja, te toque e te beije,
Lembra-te que foste a pessoa que me tocou, que me fez acreditar em mim.

Desculpa por não conseguir avançar sem ti. Desculpa por ser fraco.
Desculpa por não querer mais, e querer tudo contigo.
Desculpa por não ser perfeito, por errar, por te amar.
Desculpa por ser eu…
Mas eu sou completamente apaixonado por ti…