Eu cresci!!!

Não preciso de flores para começar bem o dia (embora flores tragam sempre um sorriso colado), não preciso de caridade para me safar (os amigos por perto já é suficiente, pois esses eu sei que não fazem caridade…somos amigos, entendem?), não preciso que me digam “sim” a tudo, por pensarem que me fará sentir melhor. Mesmo que me digam “não” e eu acho melhor que sim, “sim” será!

Não preciso de graxa para gostar de alguém, a graxa cheira mal a km de distância. Não quero alargar o meu círculo de amizades, pois isso não é algo que se queira, acontece SE tiver de acontecer. Até agora sinto-me bem com os poucos que tenho e que tanto valem. Não preciso de prendas para comemorar seja o que for, presenças especiais completam o meu dia em qualquer circunstância, dia normal ou comemorativo.

Ser mãe, juntamente com a restante experiência de vida adquirida até aqui, faz-nos perceber que nem tudo é preciso para ser feliz.