És tudo o que eu sempre quis e que agora não quero…

Chegaste sem avisar, sem eu estar à espera. Vieste com tudo e não fazes por menos. Dizes o que sentes, o que te faço sentir e o que queres de mim. Queres tudo de mim.

Queres conhecer cada recanto do meu sorriso e cada brilho do meu olhar. Queres estar ao meu lado numa noite de diversão e numa manhã de ressaca. Queres abraçar-me uma e outra vez, sentir o meu corpo no teu. Queres estar comigo, mesmo que eu esteja do outro lado do mundo. E o mais importante, queres tornar tudo isto possível. Porque queres.

Queres passear comigo à beira-mar e comer um gelado na areia. Queres agarrar a minha mão e mostrar ao mundo que somos felizes. Queres um futuro comigo, mesmo que eu não consiga pensar sequer num presente. E não desistes. Porque queres.

És tudo o que eu sempre quis e que agora não quero. Tudo o que eu sempre sonhei e nunca pensei que fosse possível. És a minha felicidade em pessoa. E contigo fico completamente desarmada. Como é possível ter-te tão perto e não conseguir querer-te? Porque não quero.

E, sem querer, vou-te deixando entrar. Vou-te deixando ocupar um espaço cada vez maior. Vou-te deixando conhecer-me melhor e querer mais. Porque, apesar de tudo, não quero que deixes de me querer.

És tudo o que eu sempre quis e que agora não quero. Ou talvez queira, sem querer.