Eras verdade, eras mentira!

“Tudo o que queria era só mais um segundo da minha vida contigo. (…) As lágrimas que custaram em cessar, hoje poderiam ser uma fonte para que te pudesses saciar. (…) Tinhas o poder de me destruir e o poder de me ressuscitar.”

Onde estás, porque não te escuto, porque já não sinto teu cheiro, porquê a tua partida?!

Tudo o que queria era só mais um segundo da minha vida contigo.

Poder abraçar-te para que nunca mais quisesses ir embora, poder dizer-te mais uma vez que estou aqui como sempre estive.

As mentiras foram cruéis mas seria capaz de te perdoar só pela força que este amor carrega.

As lágrimas que custaram em cessar, hoje poderiam ser uma fonte para que te pudesses saciar.

Eras o meu amor, a minha alegria, mesmo com as dúvidas, as palavras ditas com maldade, eras o que eu desejava todos os dias, pois mesmo carregado de defeitos sabias como me amar.

Tinhas o poder de me destruir e o poder de me ressuscitar.

Foste escuridão e foste luz.

Foste dor e foste amor.

Foste tristeza e alegria.

Foste minha noite mas também foste meu dia.

Eras a minha maior verdade e hoje sem ti aqui não sei onde vou parar.

Eras o meu mais puro sentimento e quando me lembro de ti meu mundo vira um tormento.

PORJoana Brito
Partilhar é cuidar!