Encontrei o amor da minha vida

Ah pois lá no meio do coração partido, o encontrei, passava todos os dias por ti e nem dava conta, nem te dava valor e muitas vezes te tirava o significado e te rebaixava, ignorava-te mesmo te olhando nos olhos todos os dias, gostava de ti mais nuns dias do que noutros, parecias tão vulgar tão sem graça. Mas dei-me conta que tu és o amor da minha vida. Que é contigo que vou passar os meus dias portanto convém te amar mais que tudo. Tu não me falhas, eu é que falhei contigo, desculpa… Mas agora que te reencontrei não te largo.

Bem eu sou o amor da minha vida, eu mereço me amar mais que tudo. Mereço estar bem comigo e não deixar ninguém perturbar isso.

Quem diria que era preciso alguém destruir o meu coração para me dar conta que sou tão mais do que pensava, para ver realmente quem é o amor da minha vida, porque eu sim não me vou abandonar, não vou fazer promessas de vácuo.

Só ontem percebi que estou mais eu do que pensava, foi preciso recuar um pouco, voltar a um sítio doloroso e com muitas recordações, para perceber o quanto à frente realmente estou, e não me dava conta.

Não estou curada de um coração partido, isso é um trabalho que leva tempo, mas amo-me mais, quero mais ser a pessoa que realmente sou, pela primeira vez em muito tempo faço de mim prioridade. Vou-me perdoando a mim própria, curando-me aos pouquitos.

Desculpei-me por ter-te desculpado quando por vezes me tratavas menos bem, desculpei-me por me deixar minimizar, desculpei-me por te amar demais, desculpei-me por não ter desistido mesmo que tu sim, e finalmente estou a deixar-te ir…Já nem sei o que sinto por ti, e prefiro que continue assim.

Deixei para trás dúvidas de um amor que ainda cá está mas que não está, só fiquei com certezas e todas da minha parte. Desta situação só tenho de tirar que amei e muito, dei tudo de mim, sei que fui feliz e que fiz alguém feliz… e que no fim não fui eu que não fui o suficiente para ti, foste tu que não aguentaste tanto.

Eu sou o suficiente e sempre serei… tudo o que seja pouco ou que se vai perdendo no caminho passa a não ter importância, tudo o que prefira desistir à lutar, a mim nada me diz, porque sou uma lutadora nata e tenho a melhor pessoa a meu lado, eu. Chega de desculpas, de razões para ser e para se justificar seja o que for, sempre odiei desculpas…

Finalmente eu me encontrei nesse pouco que achei que era tanto, estou focada em mim e só em mim, mereço mimo de mim para mim… Descuidei tanto desta pessoa que vai estar agarrada a mim para sempre. Mas o que vale é que nunca é tarde demais.

E hoje posso dizer que sou mais eu e que o futuro só tem de sorrir para está mulher que se está a reerguer com uma força dos diabos e que está mais forte que tudo. De sorriso na cara, força no peito, esperança no olhar e garra e amor pela vida.

Bring it on.

PORVitória M
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...