Em 2017, Aprende A Perdoar-Te A Ti Mesma(o)!!

“Por favor, aprende a perdoares-te a ti mesma(o).

Perdoa-te por todas as palavras que disseste. Por todas as pequenas coisas que prometeste que nunca mais falarias. Perdoa-te pelos segredos que se derramaram da tua boca antes mesmo de saberes o que estavas a dizer. E perdoa-te por quebrares promessas.

Perdoa-te pelas palavras que nunca disseste. Por todas as coisas que prometeste contar a alguém, mas ficaste muito assustada(o). Perdoa-te por não dizeres “eu amo-te” mais e por não falares quando precisavas de ser ouvida(o). E perdoa-te por teres ficado em silêncio.

Perdoa-te por amizades acabadas. Por amizades que foram abaixo desde que deixaste a faculdade e por não fazeres um esforço para mudares. Perdoa-te por não remendares essas amizades de infância onde costumavas prometer que era para sempre. E perdoa-te por cresceres.

Perdoa-te por partires corações. Por acabares com alguém que costumavas amar, por arrancares o coração de alguém do seu peito e por escolheres ficar sozinha(o). Perdoa-te por fazeres o que era certo para ti no momento, mesmo que fosse incrivelmente doloroso. E perdoa-te por destruires outra pessoa.

Perdoa-te por desiludires as pessoas. Por todos os planos cancelados e viagens que prometeste que irias. Perdoa-te por todos os telefonemas e mensagens não respondidos. Perdoa-te por decepcionares alguém que se preocupa contigo. E perdoa-te por falhares com outra pessoa.

Perdoa-te por te deixares ir abaixo. Por todas as promessas que fizeste a ti mesma(o) e que não cumpriste, por todas as coisas que disseste a ti mesma(o) olhando no espelho, e por não te tratares com o amor que mereces. E perdoa-te por não seres amada(o) pelo teu próprio coração.

Perdoa-te por amares as pessoas que não deverias ter amado. Por dizeres a ti mesma(o) que era certo, quando o teu instinto dizia que “não”. Perdoa-te por te teres sentido impotente para pessoas que não eram boas para ti e que te trataram como um pedaço de lixo. E perdoa-te por acreditares no amor.

Perdoa-te por não amares as pessoas que poderias ter amado. Por estares muito assustada(o) para te magoares, e com muito medo de te apaixonares novamente. Perdoa-te por não dares uma chance a outras pessoas porque estavas a guardar o teu coração com muito cuidado. E perdoa-te por dizeres ‘não’ quando poderias ter dito ‘sim’.

Perdoa-te por causares mais dor. Por qualquer mágoa ou ego ferido que possas pode ter provocado este ano, e por quem quer que tenhas magoado sem querer. Perdoa-te por quaisquer lágrimas que possas ter causado. E perdoa-te por seres egoísta.

Vê também: Homens e Mulheres, A Mesma Espécie... Comportamentos TÃO DIFERENTES!!!

Perdoa-te por causares a tua própria dor no coração. Por dizeres sempre a ti mesma(o) que não eras digna(o) e fazeres com que o teu coração fique partido. Perdoa-te por te tratares de uma maneira que nunca tratarias ninguém. E perdoa-te por seres humana(o).”

FONTEThought Catalog
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...