Ela é daquelas que sorri para a vida.


Ela é incrível. Por que razão deveria ela admitir na vida dela pessoas que não conseguem ou não querem ver isso? Ela recusa-se a aturar quem critica mais do que elogia, quem a tenta fazer mudar em vez de tentar fazê-la melhorar, quem vê defeitos em todos os passos que ela dá.

O tempo dela é muito mais bem gasto ao lado de quem a puxa para cima quando ela cai, de quem a inspira a ser feliz, de quem a faz sonhar acordada, de quem a admira pura e simplesmente por ela ser do jeito que é. Ela não desiste e fazer precisamente o que os outros dizem que ela não consegue fazer dá-lhe um prazer especial.

Ela é a pessoa mais forte e mais frágil que alguma vez irás conhecer. Ela gosta de acreditar no lado bom das pessoas, mas tem os olhos bem abertos. Ela já foi usada e deitada fora como um brinquedo, mas nunca precisou de se vingar de ninguém.

Ela já chegou à conclusão de que cada um tem o que merece mais cedo ou mais tarde e tornou-se uma fã absoluta das voltas que a vida dá. Ela acredita no destino, acredita no amor e acredita que um dia tudo vai dar certo com a pessoa certa. Ela dá tudo o que é a tudo o que faz e tem pena dos coitados que só se dão pela metade, porque esses nunca vão passar de meio felizes e meio frustrados.

Ela é qualquer coisa de outro mundo. Ela é tão corajosa que intimida todos aqueles que levam a vida a ter medo de irem atrás do que querem. Ela é daquelas que sorri para a vida, porque sabe que só assim a vida lhe sorrirá de volta. Ser pessimista é definitivamente uma arte em que ela é terrível.

Ela já adormeceu a chorar, mas também já chorou de tanto rir. Ela prefere sorrir por tudo o que correu bem do que lamentar-se daquilo que correu mal. Ela acredita que a sorte é ela quem a constrói e que o complicado pode ser descomplicado. Ela é livre, incontrolável, meio doida, de bem com a vida. Ela é daquelas que te vai fazer acreditar no impossível. Ela é incrível.

RECOMENDAMOS