Eis que te conheci, meu amor…

Eu não sabia direito o que era o amor, não sabia como era sentir tudo aquilo que todo mundo dizia sentir. Nunca imaginava que de fato ,quando estivesse em frente do meu verdadeiro amor, as minhas mãos realmente suariam, minhas pernas tremeriam e todo resto do mundo ia ficar intacto e incrivelmente paralisado.

Bem, eis que te conheci, meu amor. Ao te ver, no primeiro momento a injeção de amor já começou a fazer efeito. O mundo inteiro se cobriu de gelo, e a única coisa que eu sentia ter movimento, era meu órgão vital principal, bombeando sangue em sua frequência acelerada como eu nunca vira igual. A profecia começou a ser cumprida, e todo ritual de suor, tremor, e muita tensão começou a tomar conta de mim.

Caminhando juntos, íamos a algum lugar que nem mesmo nós sabíamos qual seria. A noite nublada e cinzenta ganhou cor, ganhou som, ganhou calor, aquela noite fria ficou repleta de amor. A paixão tomava o lugar da neblina, nos rodeava de adrenalina, uma aura nos protegia, sentimentos eram prometidos, elos eram fortalecidos, tudo foi se casando, se mesclando, se transformando.  Ao chegarmos a certo lugar, um banco nos aguardava, de longe já era o escolhido, um lugar perfeito, feito pra presenciar e oficializar o nosso primeiro beijo.

Ah, aquele beijo… Nem se voltássemos àquele instante novamente não o daríamos com tanta calma e tanta vontade, com tanto querer e tanta serenidade. Beijo leve e intenso. Beijo cheio de paixão, sentimos com os lábios e beijamos com o coração.

Aos poucos tudo foi se firmando e criando a nossa base. Tu és tudo que eu preciso quem me mantém em pé, tu és meu tesouro e minha fé. Tu és meu chão, meu pão, tu és meu rumo, meu coração. É o terramoto nos meus dias calmos, é a calmaria nos meus dias tensos, é a minha paz, é a minha alma, é o dono dos meus sentimentos.

Quando olho bem no fundo dos teus olhos, vejo maravilhas em castanho, em cor de mel. Vejo um mundo apaixonante, vejo um infinito, bem maior que o céu. Teus olhos brilham feito estrelas, me fazem viajar. Teus olhos são diamantes que me aguçam a lapidar.  Teus olhos por vezes são raios de sol, teu olhar aponta-me o caminho, e no escuro é meu farol.

Tua beleza é revigorante, me abasteço no teu íntimo real, vou a tua alma e me alimento do teu sal. Na tua fala ouço poesias, a tua voz é por si uma linda melodia, tudo em ti é só perfeição, te tornaste o dono da minha intenção, dono de mim. Enfim, tu és o dono do meu coração.

Não sei como parar de dizer o que tu és para mim, não sei como me calar se meu amor não tem fim. Por te amar eu não canso de caminhar. Por te amar meu intelecto só quer rimar. Por te amar tudo é sonhar, vivo planeando e não me canso de esperar. Que o futuro nos aguarde, sei que ao teu lado muita coisa boa ainda virá.

Contigo eu vou viver, realidades vamos ter, e sonhos vamos realizar.

PORLarissa Machado
Partilhar é cuidar!