Ecoaldeia Portuguesa Abriu Candidaturas Para Encontrar Habitantes!!


Um terreno de 120 mil metros quadrados com quatro casas, um imóvel grande que apesar de estar em ruínas, encontra-se no seu aspecto natural, e outros dois pequenos e antigos moinhos abandonados e mais um hórreo – uma estrutura normalmente de pedra e madeira, de 1860, constituem uma ecoaldeia portuguesa que abriu candidaturas para quem quiser habitar a mesma.

Com um rio e uma paisagem de rochas e árvores, esta aldeia tem também 10 mandamentos nos quais os seus habitantes se devem enquadrar:

1 – A ecoaldeia funciona de maneira democrática e as decisões tomam-se por consenso;
2 – Cada qual vive num espaço privado (casa) e partilha os espaços comunitários;
3 – Existem hortas comunitárias para necessidades alimentares diárias e cíclicas;
4 – Existem edificações comunitárias, como escola, padaria, oficina, etc;
5 – É assumida a educação das crianças;
6 – Apenas é comercializado o que é produzido na comunidade;
7 – Ajuda mútua para levar uma vida mais fácil e divertida;
8 – Vive-se na aldeia com o coração;
9 – A presença na ecoaldeia deve ser livre de encargos econômicos e dívidas;
10 – A alimentação vegetariana.
11 – A ecoaldeia está vinculada ao seu entorno;
12 – Faz-se fogo com lenha, medos e egos.

No anúncio diz mesmo: “Em resumo, somos famílias que amamos a natureza e reduzimos o âmbito das necessidades e a dependência do dinheiro. Autogestionamos a saúde, a educação, a alimentação, a energia, a ajuda mútua e tudo o que seja necessário”.

Caso estejas interessada(o), basta candidatares-te através do email: ecoaldeavegetariana@gmail.com.

RECOMENDAMOS