E se quando tu chegares eu não estiver aqui?

Tudo começou com uma troca de olhares, um sorriso, uma atração, eu, miúda discreta, simples nunca tinha sentido tal impacto parecia chamas a “lutar” com gelo, a minha barriga estava com borboletas na primeira vez que te vi..

Foi engraçado, ao mesmo tempo irónico, o que eu pensei? Que isto não era nada, que quando eu fosse embora não iria sentir sensação de perda alguma, mas enganei-me, quando me tocas-te pela primeira vez o meu corpo ficou a 60graus talvez, eras homem demais para mim, um rapaz com um sorriso de encantar que quando passavas derrubavas corações e eu não..

Nunca dei nas vistas, simples, discreta, até que decidi mudar, era impensável tu derrubares corações e eu não ahah, mudei, comecei a arranjar-me, a maquilhar-me a perfumar-me, literalmente comecei a ser mulher, e aí despertou o “bichinho”, a tua insegurança mas realmente o tempo passou e hoje acho que sou mulher demais para ti, acabei por me tornar segura de mim própria!

Amei-te, se calhar ainda te amo mas tu lembras-te de ires embora regularmente e voltares como se nada fosse.

Um dia pode ser que vás e venhas como de costume mas não encontres o que deixas-te por aí, como quem deixa um rasto de perfume.

PORLuana Calheiros
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...