E se ele voltar?

É como se tudo se voltasse para mim… anos vêem e anos vão.. ainda estou aqui, eu ainda quero você.. com tudo o que estou vivendo, andei em ruas desertas.. minha alma implorava seu amor.. seu calor.. suas palavras… seu toque… eu daria tudo para voltar, eu voltaria em um único dia, o dia que você se foi.. eu pararia o tempo, eu moveria montanhas, eu jamais poderia deixar a tortura se repetir … foi a maior dor da minha vida, foi o começo de tudo… foram lágrimas de pura dor, não era só eu quem chorava… minha alma sangrava.. eu clamava por você a cada segundo da minha existência…

tudo o que eu precisava era te sentir.. te tocar… ouvir você.. andei só, recolhida de pura angústia, assombrada de pura abstinência do seu ser, você me quebrou, você fez com que minha alma saísse de dentro do meu corpo e vagasse pelo vale dos sombras… e então todo o meu corpo caminhava sem sentido, eu odiava o espelho, eu já não gostava mais de mim, não havia amor próprio pois todo meu amor eu tinha lhe dado com todas as minhas forças e não havia nada que podia fazer por mim mesma, então eu caí.

Eu caí no buraco mais fundo do mundo, eu não parava de cair, eu afundei cada dia mais… eu precisava de você, sua ausência me fez procurar a morte, a morte fugiu de mim por diversas vezes, a morte tinha pena de mim, nem ela podia me ajudar… cada dia de todos esses anos eu agonizava o fogo da dor, e parece que quando me levanto de novo você reaparece na minha cabeça, você sempre volta, eu não consigo esquecer.. você renasce de todas as cinzas. Fênix, e então eu te digo mais uma vez por fim mas não finalmente… Eu te amo.