Dou por mim a Falar com as Estrelas…

Todos os dias há coisas que vejo que me lembram de vocês.  Sabem, tenho muitas saudades vossas, de tudo o que vivemos, do que podíamos ter vivido, de quem vocês eram, de quem eu era quando estava convosco.Partiram cedo demais…

Ás vezes, quando estou mais triste, cansada ou desanimada, dou por mim a falar para as Estrelas, como se estivesse a falar convosco, mas nunca obtenho resposta.Claro que sempre soube que não me podiam responder, mas nunca deixei de o fazer. Apesar disso sinto que me ouvem e que estão perto, como se mesmo ao meu lado.

Quem me dera poder ver-vos nem que fosse por um segundo, dizer tudo o que ficou por dizer e dar-vos aquele abraço que faltou no último momento.

E sabem que mais? A culpa disto tudo é da porcaria do cancro, que vos tirou as forças para lutar e vos afastou de mim. Não a culpa não é vossa, vocês fizeram o que puderam e tenho muito orgulho em vocês, espero que nunca se esqueçam disso.