Devaneios do pensamento…

Sei lá… Talvez seja o mundo terrivelmente perigoso, ou talvez seja apenas os medos que eu carrego no coração. Às vezes não consigo compreender a dimensão que existe entre querer sumir pra longe e ter que ficar.

Quando lembro de tudo que vivi ao teu lado, me sinto imensamente completa e talvez ate realizada, mas confesso que ao mesmo tempo me sinto totalmente perdida e e até destruída por dentro.

Com você tudo era perfeito, desde a luz do luar, ate a ultima estrela cadente. Sinto-me feliz ao lembrar do que passamos juntos, as juras de amor, o “eu te amo” ao pé do ouvido. Pensei que nunca fosse ter um fim, mas te vi cada dez mais distante, e o meu mundo se destruiu por completo.

Você se foi deixando em mim um vazio, que algum dia possa ser preenchido, ou talvez nunca. Nesse momento sinto vontade de me perder por ai, em qualquer rua, em qualquer esquina, em qualquer mesa de bar, me afogar em qualquer garrafa de vinho, e derramar todas as minhas lágrimas, sei la…

E eu apenas deito em minha cama, ao lado da minha garrafa de whisky, coloco meus fones, em uma música qualquer alta, e adormeço na esperança de não mais acordar….

PORAnónimaCA
Partilhar é cuidar!