Desistir nunca foi opção!

“Desistir nunca foi opção”, foi com esta frase na cabeça que acordei hoje de manhã mas sim, para mim já foi opção. Quando a vida me dificultou as coisas e vendo isto como um filme, o ponto de mais alta tensão, eu falhei e entreguei-me a desistência.

Fui fraca vezes sem conta e falhada também, porque sempre achei que as minhas vitórias estavam dependentes dos outros, que a minha felicidade estava dependente de alguém e a verdade é que não está.

Para sermos felizes temos de ser felizes por nós próprios e independentes também. Não podemos estar a espera que nos compreendam, que nos amem e que estejam sempre dispostos a nos ouvir e ajudar. Não podemos ser egoístas a esse ponto.

Magoaram-me e sim dependia da desculpa dessa pessoa para seguir em frente. Passados 3 anos ainda não obtive o pedido e sou feliz. Posso afirmar que não preciso de nenhuma paixão na minha vida ou que estejam sempre perto de mim a darem-me atenção.

Aprendi a ser feliz sozinha porque me ergui sozinha. Levantei a cabeça e ganhei força sozinha. Ninguém o fez por mim e ninguém o fará por vocês. Porque quando a vida parece estar terminada e a única solução é desistir de viver, aparece força que ninguém sabe que existe e ninguém sabe de onde vem.

PORDaniela Pereira
Partilhar é cuidar!