Desiste ou ama outra vez, o amor não é de todos, nem para todos…

Desiste! Ou procura melhor. Desvenda os segredos, que dependem da tua busca. Inicia e reinicia, regressa e muda. Muda tudo de mau, que não queres e não desejas nem desejarias a alguém.

Serás feliz no momento certo, na idealidade da situação. Poderás desvendar, como desvendas o sol da manhã no arrastar da cortina. És todas as formas do teu sucesso. Está tudo à tua espera, resguardado nos braços da tua vontade.

O amor contudo não é de todos, nem para todos. Tens de o merecer e nunca te podes cansar de o almejar. Não te seduzas por perdições que se transformarão em erros. Respeita e relembra-te da tua companhia mais que tudo e que fica perfeita ao teu lado. Também és mais que tudo para ela. Já passou o tempo em que sobreviveriam um sem o outro.

Não precisam ser Romeu e Julieta. Não precisam ser histórias perfeitas. Sejam a imperfeição maravilhosa que a fusão dos vossos sentimentos criou. Sejam naturais. Chorem juntos, sorriam juntos. Vivam juntos numa relação eterna…

Vai lá, ama novamente. Ama a sério desta vez. Ama com o coração e não com os olhos. Apaixona-te por cada traço de personalidade e não por cada traço de beleza e vaidade. Vê as pequenas coisas como grandes feitos e que o estúpido seja uma maravilha ao teu olhar. Somente por amares. Por estares cego por esse amor. Só assim será sincero.

Estarás um dia nesta situação. Talvez pareça um sonho. Não te esqueças que pode mesmo ser, e se nunca acordares desse sonho… não te preocupes, nunca serás tão feliz como a sonhar!


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...