Dá-me um tempo…

Um tempo qualquer, uma hora, um minuto, um segundo, dá-me um tempo e um lugar onde eu possa ficar. Dá-me um tempo, dá-me o teu tempo, dá-me.

Dá-me a tua hora, o teu minuto, o teu segundo, dá-me o teu lugar e deixa-me lá ficar.

Não me dês tempo, desse eu tenho a mais, tempo não me falta, o que me falta é um lugar onde possa trocar o meu tempo. Se tiveres tempo, eu tenho tempo, gastas uns minutos aqui e depois pode ser que possamos trocar umas horas.

Ora, as minhas horas não passam, eu só já tenho segundos, mas troco sessenta segundos dos meus por um minuto dos teus. E quando quiseres mais segundos só tens que me dar mais minutos, quando eu finalmente conseguir juntar sessenta minutos dos teus, lá foi uma hora minha. Ora, vamos trocar, eu quero ficar sem horas e as horas demoram muito a passar.

Dias, horas, minutos, segundos, eles passam, eles andam, eles voam.

Eu também gostava de voar com o tempo, ou pelo menos que o tempo voasse.

Ouvi dizer que sessenta horas faziam um dia inteiro, pois bem, então mudei de decisão, fica com as minhas horas todas, dou-te cento e vinte se quiseres, tudo o que quero é um dia dos teus. Eu não quero o meu tempo, mas há quem mo queira roubar. Ainda bem que o meu tempo não voa, porque eu não voo, e se o meu tempo voasse e eu não voasse era muito provável que o tempo escapasse, eu não quero deixar o tempo, eu só quero que o tempo me deixe.

Não fujas tempo, eu preciso de ti para realizar umas trocas, eu sei que ninguém gosta de ser trocado, mas tempo, tu sozinho comigo pareces um bocado mal humorado, quero outro tempo, um tempo renovado, chega deste tempo que me faz ficar parado (no tempo).

Meses, dias, horas, minutos, segundos, eles passam, eles andam, eles voam, eles fogem.

Não fujas tempo, não é tempo de eu correr atrás, um dia trocarei dias, e nesse dia já nem dias vou ter, porque os dias não servem para nada, quando um mês passar a correr.

Eu não conto tempo porque o tempo não gosta de ser contado, eu não troco tempo porque o meu tempo não é para ser trocado, mas o meu tempo não presta, quero o teu tempo, troca tempos comigo, dá-me só um tempo, um ano, um mês, um dia, um minuto, um segundo que seja.

Dá-me só um tempo, dá-me uma vida (inteira).


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...