Como Saber Se O Pão Integral É Mesmo “Integral”!!!

O seu pão é integral de verdade?

O pão é um dos alimentos que é rapidamente identificado como culpado pelos quilinhos a mais na balança. Quando se trata de emagrecer, logo pensa-se em trocar o pão branco pelo pão integral.

Existem tantos pães integrais por aí, então qual é o problema?

O marketing obscuro da alimentação saudável faz com que produtos não saudáveis pareçam bons e sejam comercializados como ideais para a saúde, independente do conteúdo nutricional. Mas ainda bem que eu existo, vou ensina-los a não caírem nessas armadilhas.

Um pão para ser considerado integral deve conter grãos; os grãos são constituidos por 3 partes: o farelo, o endosperma e o germe. Integral significa que o grão está contido nos seu estado integro, ou seja, 100% natural, sem perder fibras e nutrientes, como acontece no refinamento.

No refinamento há a preservação apenas do endosperma, como consequência muitos nutrientes importantes para o organismo são perdidos, especialmente as fibras alimentares. Estas são responsáveis por lentificar a digestão e fazer com que a fome demore mais para surgir, é a melhor opção para quem quer emagrecer!

A melhor escolha é o pão totalmente integral, ou seja, que não tenha farinha refinada.

Você sabe ver no rótulo se o pão é totalmente integral?

A melhor maneira é verificar isso no verso da embalagem. De acordo com a legislação, os ingredientes devem vir listados em ordem decrescente. Logo, o que tiver em maior quantidade virá primeiro e assim por diante.

Para o pão ser totalmente integral, na listagem dos ingredientes não deve conter nenhum ingrediente relacionado com a farinha branca, que podem ser apresentados com outra nomenclaturas, como: farinha de trigo enriquecida com ácido fólico ou farinha refinada.

Fiquem atentos e boas escolhas!!!


PELA WEB

Loading...