Casas comigo?

“Casas comigo?”
Não… desculpa… não posso.
Eu sei que tu querias, como os crescidos, mas não dá.
Eu não consigo.

Não sei ser como os crescidos.
Podemos fazer uma festa, em que eu vou com um vestido branco, daqueles compridos, a imitar os adultos, e em que tu vais de fato, com uma gravata toda pipi.
Podemos convidar amigos e ter um bolo enorme, daqueles que cortamos juntos.

Mas fazemos apenas isso… uma festa.
Sim?
Não.
Não caso contigo.

Celebro contigo, mas não caso.
Não…
Não quero ser como os adultos.
Ficamos assim.

Somos felizes assim.
Para quê complicar ?
Não caso contigo.

Não me prendo a ti, nem me divido contigo.
Quero ser eu por inteira.
Peço-te que entendas…

Não caso contigo.
Mas fico contigo para sempre.
Prometo isso.

PORPatricia Rebelo
Partilhar é cuidar!