Carta que Talvez Nunca Leias…

Sim, estou a escrever para ti, mas talvez tu nunca leias esta carta. Talvez nunca saibas o que estou a sentir ou no que estou a pensar.

Eu fui feliz contigo e guardo memórias do que em tempos fomos, do quão feliz ficava cada vez que via uma mensagem tua, mesmo as mais simples.

Isso tudo acabou, mas não deixei de te amar, embora tu não te tenhas dado conta, nunca te esqueci, e mesmo em momentos em que estava decidida de que te tinha esquecido completamente vinham ao de cima memórias antigas.

Agora deixei o tempo passar sem coragem para te dizer nada com medo de me voltar  a magoar, depois de tanto arriscar e falhar.Tive esperança que desses pela minha falta, mas nada disseste, como se te fosse indiferente. Será que eu errei de alguma maneira para isto me acontecer?